Miopia: veja alguns fatos sobre a doença
X
   Entrar Cadastre-se
Esqueceu a senha?
Entrar
Miopia: veja alguns fatos sobre a doença
29 Agosto 2019  | Seção: Notícias  |  Categoria: Refração
A - A +
Enviar por E-mailX

Você pode enviar este conteúdo para até três amigo(a)s ao mesmo tempo.

+ 1 Amigo(a)

+ 1 Amigo(a)

Enviar Conteúdo
Saiba como diagnosticar e tratar
Data:
Cidade:
O que acontece?
A imagem é focada na frente da retina, o que causa um embaçamento visual principalmente para longe. Para corrigir, precisamos trazer a imagem para trás, com uma lente que cause uma divergência dos raios.

É muito comum?
Ocorre em 42% dos americanos entre 12 e 54 anos. No leste asiático a prevalência é a maior, chegando a 69% aos 15 anos de idade.

Quando ocorre?
Comprimento axial do olho muito grande OU
Córnea muito curva OU
Cristalino muito espesso.

Porque o olho cresce muito?
Indivíduos que carregam genes associados ao desenvolvimento de miopia tem uma chance 10 vezes maior. 
Causas ambientais: Pouco tempo de atividade outdoor pelas crianças, maior tempo utilizando a visão de perto (celulares, tablets, computadores).

O que consideramos "alta miopia?? 
Quando necessita de -6 dioptrias ou mais de correção. A alta miopia aumenta o risco de descolamento de retina, catarata, glaucoma e degenerações miópicas da retina, edema macular e neovascularização coroidal.

Como diagnosticar?
Crianças devem ser levadas ao Oftalmologista de acordo com as recomendações da Sociedade Brasileira de Oftalmopediatria (SBOP) a cada 6 meses nos 2 primeiros anos de vida e, após isso, anualmente;
Crianças que ficam muito próximas aos objetos para enxergar e que se queixam de não enxergar o quadro da escola devem ser imediatamente referenciadas ao Oftalmologista;
O exame oftalmológico, incluindo a retinoscopia e a refração, deve ser realizado, sendo necessária a cicloplegia em grande parte dos casos para confirmação do grau.
 
Como corrigir?
Óculos;
Lentes de Contato;
Cirurgia refrativa.

Como evitar o desenvolvimento de altas miopias? 
Estimular as atividades outdoor, sob a luz do sol;
Desestimular o uso excessivo da visão de perto, limitar uso de tablets e celulares;
Acompanhar de perto com oftalmologista, sendo possível hoje o uso de algumas técnicas na tentativa de estabilizar o grande aumento da miopia, como o uso de colírio de atropina e da ortoceratologia.
Fonte:
PEBMED
Autor
Juliana Rosa
Comentários X

As opiniões expressas nos comentários são de única e exclusiva responsabilidade de seus autores e não expressam a opinião deste site. Comentários ofensivos ou que violem a legislação vigente serão suprimidos.


* seu e-mail não será publicado.
Enviar Comentário
Analytics